Skip to main content

Conheça Toyota Mirai, um Carro a Hidrogénio

Toyota transforma em realidade os veículos que se movimentam a hidrogénio

Este veículo é abastecido em poucos minutos e emite somente vapor de água!

A Toyota apresentou o Protótipo do Mirai, chamado de FCV (Veículo com Célula de Combustível). O Mirai foi apresentado cortado ao meio para permitir observar melhor a disposição e funcionamento de seu sistema de abastecimento de hidrogénio, além da tecnologia de célula de combustível.

É muito difícil analisar os detalhes do Toyota Mirai, é um sedã de 4,9 metros, mas que mesmo assim “apenas” oferece uma bagageira de 371 litros. Na verdade mesmo assim é impressionante que um carro que contenha dois tanques de hidrogénio com o total 112 litros, um sobre o banco traseiro e outro logo depois do eixo traseiro e que com tudo isto ainda consiga acomodar 79% das bagagens que um Toyota Corola é capaz de levar.

Este automóvel esta a inaugurar a “ A Sociedade do Hidrogénio” que é apenas para carros que obtém energia proveniente dos lugares menos esperados, como os esgotos das cidades e que depois transforma em eletricidade para movimentar os motores e emite apenas vapor de água. Com isso contribuindo para um meio ambiente mais limpo. O Toyota Mirai é o primeiro carro movido a hidrogénio a ser produzido em quantidade, estreou-se em 2015 no Japão, com 700 pedidos dos clientes. Em 2016 consegui produzir 2.000 unidades e em 2017 a empresa quer chega às 3.000 unidades.

 

 

Além de ser vendido no Japão, a Toyota Mirai já está a ser vendido em outros países também como os Estados Unidos e um pouco por toda a Europa.

A empresa tem vários estudos de vendas que indicam uma estimativa aproximada de 30.000 unidades  vendidas em todo o mundo apenas no ano de 2020.

O veiculo a hidrogénio para emitir apenas vapor de água terá que possuir o sistema da Toyota (Fuel Cell System) que capta oxigénio da atmosfera com a ajuda da entrada de ar frontal do Mirai.

Contudo, a célula de combustível é dividida em duas moléculas, gerando a carga elétrica. No mesmo momento, o oxigénio se une com as células de hidrogénio, formando a água. Por sua vez a energia é diretamente direcionada e movimenta o moto do Mirai.

Quem tem a oportunidade conduzir um Mirai diz que apesar do visual exótico ou no mínimo diferente, o carro tem o mesmo comportamento que um carro normal. Tem uma grande aceleração com o seu motor de 155 cv de potencia, mesmo pesando cerca de 1.850 kg, o Mirai é capaz de ter uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 9,6 segundos. Por dentro é um carro muito confortável. Sua dirigibilidade é muito surpreendente, pois o centro de gravidade é baixo.

O Toyota Morai contem rodas de liga leve de 17 polegadas e tem modelos em seis cores diferentes. Vale sempre lembrar que o Mirai é um veículo elétrico.

A principal diferença de um Ev ( Electric Vehicle ) para o FCV ( Fuel Cell Vehicle ) tem a ver com com a eletricidade que vem direto dos tanques de hidrogénio (que é obtido através de gás metano e CO2 dos esgotos das cidades), que fornece estações espalhadas pelo Japão. O hidrogénio líquido por sua vez abastece a célula de combustível que fica localizada no centro do veiculo.

A energia elétrica produzida é capaz de fazer o Mirai viajar por mais ou menos 650 km. E uma das melhores qualidades é a forma de abastecimento, ao contrario dos demais carros elétricos o Mirai basta apenas três minutos para reabastecer o seu automóvel.

Faça um bom investimento e tenha o carro dos sonhos!