fbpx
Biocombustível Através de Desperdícios

Biocombustível Através de Desperdícios

Ninguém sabe ao certo quando, mas o que é certo é que os combustíveis fosseis têm os dias contados e serão substituídos pelo Biocombustível. Na segunda-feira que passou falamos de “Portugal Precisa do Teu Apoio!“, é uma campanha que tenta alertar instituições e privados acerca dos potenciais riscos para o ambiente e saúde associados à exploração de combustíveis fosseis principalmente utilizando praticas não convencionais como o Fraking.

enc_tratamentoderesido
encenergy.com

A gasolina, o gasóleo, o gás e outros fazem o mundo girar, é certo. Carros andam, fábricas produzem energia. No fundo a energia é o fundamental e não apenas o petróleo, mas a tendência é que cada vez se encontrem mais formas de utilizar desperdícios e cada vez mais surjam centrais de produção de biocombustíveis e que assim aproveitam desperdícios de varias fontes que de outra forma seriam poluentes.

Inovação

Os anos passam e as sociedades adaptam-se. As energias renováveis são um tipo de energia que irá ser vital e por isso hoje temos várias fontes de energias renováveis em substituição às energias não-renováveis. Neste artigo, vamos dar foco ao biocombustível, algumas empresas e tecnologias que existem em Portugal e no Brasil.

Biocombustível

O biodiesel já é conhecido por grande parte da população, é extraído normalmente de restos de óleos de restaurantes e que posteriormente transformam esse óleo em biocombustível equiparado ao gasóleo. Mas é impossível transformar todo o óleo de toda a gente que o desperdiça e ser capaz de satisfazer a necessidade da sociedade, ainda existe muito para explorar nesta área. Há outros métodos que se podem utilizar, como fazer biocombustível através de desperdícios vegetais, peixes e várias fontes que contêm gordura.

encenergy.com
encenergy.com

Existem várias empresas que trabalham neste campo, como a ENC Energy e a Incbio que são duas grandes empresas do mercado português que inovam com as próprias tecnologias e realizam o aproveitamento de óleo pelo tratamento de resíduos.
A primeira central de valorização e extração de desperdícios é a central da ENC Energy situada em Santa Maria da Feira. Foi inaugurada a Janeiro de 2015 e desde o inicio deste ano começou a sua produção à escala industrial dos vários desperdícios que possam encontrar no mercado.

Fontes de desperdício:

  • Lamas provenientes de estações de tratamento
  • Águas residuais domésticas
  • Gordura de Esgoto
  • Agro-Industrias
  • Restos de Comida

Destas fontes, estas empresas Portuguesas transformam-nas numa matéria-prima usada para fabrico de biodiesel. É então uma forte concorrente ao petróleo e como sendo uma fonte sustentável, abre caminhos para outras ideias ou ferramentas industriais, que utilizem desperdícios para produzir biocombustíveis. Além disso, o custo dos resíduos nos aterros desce porque o mercado saberá o que fazer para tornar o mundo mais verde e reciclar aquilo que se pensa ser lixo mas na verdade é uma fonte rica em energia para o mundo. Com bastante oferta destes resíduos, o preço da “matéria” para extração será tão baixa que será competitivo ao mercado atual dos recursos não-sustentáveis.

As tecnologias envolvem, inovam, e já foi provado várias vezes que o impossível de ontem é a certeza de amanhã. Será Portugal o país pioneiro destas tecnologias que o irá tornar um grande produtor de biodiesel desde desperdícios num futuro próximo? Gostaríamos de saber o que pensa deste assunto.

Espero que tenha gostado deste artigo, se quiser ler mais artigos como este não hesite em subscrever a nossa newsletter e nos adicionar nas redes sociais em baixo. Até a próxima!

Fechar Menu